CEMS

Um sistema de monitoramento contínuo de emissões é necessário para a determinação de uma concentração de gás ou material particulado ou taxa de emissão usando medições de analisador de poluentes e uma equação de conversão, gráfico ou programa para produzir resultados da limitação de emissão aplicável ou padrão.

Em se tratando de emissões atmosféricas, as empresas devem obedecer, o órgão federativo e licenciadores estaduais de cada região/país. No Brasil, ainda não há uma legislação detalhada que estabeleça critérios de certificação e aceitação dos sistemas. Tais critérios são mais detalhados na regulamentação 40CFR60, originada pela EPA (Environmental Protection Agency), Agência de Proteção Ambiental Norte-americana.

O sistema de monitoramento isocinético fornecido pela JCTM cumpre todos os requisitos como um método padrão de amostragem e análise com base na USEPA CFR 40, não apenas calculando os pontos transversais (método EPA 1) e a velocidade do gás de chaminé (método EPA 2), mas também, de forma contínua, o fluxo isocinético, e regulando automaticamente o fluxo de amostragem para cumprir as condições de amostragem iso-cinéticas ao longo do processo de amostragem, sempre com base nos métodos EPA.


 

SMIC-9

O SMIC-9 é um amostrador isocinético automático de alta tecnologia, que facilita a medição de partículas (PM) e poluentes de umidade em torres e dutos, sendo ideal para medição constante da concentração da qualidade do ar dos particulados presentes em chaminés e dutos para avaliar o grau de segurança ambiental em uma área de trabalho.